segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Um cristão foi morto a cada 5 minutos em 2012

Em 2012 105 mil cristãos foram mortos devido a perseguição religiosa imposta em alguns países do mundo. O alerta mundial sobre esta estimativa aterrorizante partiu do sociólogo Massimo Introvigne que é coordenador do Observatório da Liberdade Religiosa na Itália.

“Se estima que em 2012 morreram 105 mil cristãos por motivos religioso, isto é, um morto a cada 5 minutos”, disse.

Introvigne cita as áreas de risco e mostra que são países regidos pelas leis islâmicas. “As zonas de risco são muitas, mas podemos identificar basicamente três países onde é forte a presença do fundamentalismo islâmico: Nigéria, Somália, Mali”, disse.

Outros países citados foram o Paquistão e o Egito onde há algumas áreas de risco onde os cristãos correm riscos de morte. Na Coreia do Norte e na Índia também tiveram casos de perseguição e morte a cristãos.

Neste grupo identificado como cristão há tanto evangélicos, como católicos e coptas. Uma quantidade de assassinados que o sociólogo chamou de “proporções horríveis” que muitos veículos de comunicação com poder mundial não chegam a noticiar. As informações são do Protestante Digital.

Igreja nudista é sucesso nos Estados Unidos


Em uma comunidade nudista fundada em 1984, na cidade de Ivor -, roupas são um item opcional. “Eu não acredito que Deus se importe com a maneira como você se veste quando você faz suas orações. O negócio é fazer as orações”, diz Richard Foley, um dos frequentadores.

Mas entre os que não fazem parte da congregação, a idéia de uma igreja nudista não agrada muito. Várias pessoas ouvidas nas ruas se surpreenderam e disseram achar o conceito de uma igreja nudista desrespeitoso.

O pastor Allen Parker discorda: “Jesus estava nu em momentos fundamentais de sua vida. Quando ele nasceu estava nu, quando foi crucificado estava nu e quando ressuscitou, ele deixou suas roupas sobre o túmulo e estava nu. Se Deus nos fez deste jeito, como isso pode ser errado?”

Os visitantes dizem que ser nudista é algo libertador. Para eles, em um ambiente como este não há julgamento de classe social e todos ficam livres para ser quem realmente são. Um frequentador exemplificou isso dizendo que, na comunidade, não é possível dizer quem está desempregado, quem é alto-executivo e quem é encanador.

“Aqui, todos participam, todos são compreensivos e preocupados com a comunidade e com a família. Temos uma das congregações mais ativas da região. Eu considero isso um presente de Deus e um privilégio”, disse o pastor Parker.

Fonte: blog Apocalink

Bob Marley aceitou Jesus e foi batizado sete meses antes de morrer!!!!!


Robert Nesta Marley, ou simplesmente Bob Marley, morreu em 21 de maio de 1981. Seu pesado caixão de bronze foi levado para o topo da colina mais alta da vila Nine Mile, onde, 36 anos antes, ele havia nascido.

Juntamente com o corpo embalsamado de Marley, estavam no caixão a sua guitarra vermelha Gibson Les Paul e uma Bíblia aberta no Salmo 23. No final da cerimônia, sua viúva, Rita, jogou um pé de maconha.

O funeral foi precedido de um culto de uma hora de duração para a família e amigos íntimos na Igreja Ortodoxa Etíope da Santíssima Trindade, celebrado por Abuna Yesehaq, arcebispo da Igreja no hemisfério ocidental. Ele contou que havia batizado Marley em Nova York, em novembro do ano anterior, logo após seus últimos shows no Madison Square Garden. Seguindo a tradição etíope, Bob recebeu um novo nome durante o batismo: Berhane Selassie, ou “Luz da Trindade”.

Logo após as 11 da manhã, o culto começou com um hino anglicano, “Ó Deus, nossa ajuda em épocas passadas”, acompanhado pelos percussionistas da United Africa Band. Como a melodia do antigo hino, o arcebispo, leu passagens do Livro de João, em Ge’ez, uma antiga língua da Etiópia.

O governador-geral da Jamaica leu um trecho de 1 Coríntios: “O último inimigo a ser destruído é a morte” A congregação cantou outro hino conhecido, “Quão Grande És Tu”. Logo depois, foi lido parte de 1 Tessalonicenses 3: “Por esta razão, irmãos, ficamos consolados acerca de vós, em toda a nossa aflição e necessidade, pela vossa fé, Porque agora vivemos, se estais firmes no Senhor”.

O ritual fúnebre tipicamente cristão parece estranho para alguém que ficou mundialmente conhecido por ser seguidor do rastafarismo, seita tipicamente jamaicana que proclama Hailê Selassiê I, imperador da Etiópia, como a representação terrena de Jah (Deus). O termo rastafári tem sua origem em Ras (“príncipe” ou “cabeça”) Tafari (“da paz”) Makonnen, o nome de Selassiê antes de sua coroação.

O motivo disso é que a família de Bob Marley sabia, embora não aceitasse que o cantor recebera Jesus como seu Senhor e renegara o rastafarismo.

A jornalista Christine Thomasos do site Christian Today Austrália, cita uma entrevista de 1984 que o arcebispo Yesehaq deu ao jornal Jamaica Gleaner.

“Bob era realmente um bom irmão, um filho de Deus, independentemente de como as pessoas olhavam para ele. Ele tinha o desejo de ser batizado há muito tempo, mas havia pessoas próximas a ele que tentavam controla-lo e que estavam ligadas a um ramo diferente do Rastafari. Mas ele vinha à igreja regularmente”.
De acordo com Thomasos, Yesehaq explicou que o câncer terminal de Marley foi a motivação por trás de sua conversão: “Quando ele visitou Los Angeles, Nova York e a Inglaterra, ele compartilhou sua fé ortodoxa, e muitas pessoas dessas cidades vieram à igreja por causa do Bob.

Muitas pessoas pensam que ele foi batizado porque sabia que estava morrendo, mas não foi assim. Ele fez isso quando já não havia qualquer pressão sobre ele. Quando ele foi batizado, abraçou sua família e chorou, todos choraram juntos por cerca de meia hora”.

Andre Huie, do site GospelCity, escreve sobre o testemunho de Tommy Cowan, amigo íntimo de Bob Marley e esposo da cantora gospel jamaicana Carlene Davis. Cowan diz: “o que pode ser uma agradável descoberta para alguns é que Marley, pouco antes de morrer, confessou Jesus Cristo como Senhor. Em outras palavras, ele negou que Haile Selassie era Deus (como Rastas acreditam) e confessou a Jesus como o único Deus vivo e verdadeiro”.

Falando sobre o batismo de Bob Marley, Tommy disse ter ouvido o bispo descrever assim o batismo: “Em um momento ele (Bob) chorou por 45 minutos sem parar, suas lágrimas molharam o chão. O Espírito Santo desceu sobre seu corpo e ele gritou três vezes: “Jesus Cristo, Jesus, meu Salvador, Jesus Cristo”.
Traduzido e adaptado de Guardian, Christian Today e Beliefnet

Sodona e Gomorra dos Nossos Dias




Parece que na Indonésia alguns homens não ficam satisfeitos com o fato dos orangotangos poderem estar extintos já em 2015, devido à destruição massiva do seu habitat natural, causada pelo crescimento desenfreado de plantações de óleo de palma, e muito menos com o fato disto ter causado a morte a 50,000 orangotangos em apenas duas décadas. 

Não, para o bicho homem isto não chega. Então o que fazer? “Ah já sei” – diz um iluminado indonésio de olho fisgado numa orangotango fêmea mais roliça e felpuda- “vamos pegar as “macacas”, abrir um bordel e violá-las como se não houvesse amanhã, até que caiam para o lado mortas de exaustão”. E assim foi. As fêmeas são capturadas, presas em casas preparadas para o efeito e abusadas sexualmente por tudo o que é taradinho da região. Uma lástima.

Escrava sexual, uma orangotango fêmea chamada “Pony” foi salva pela Associação Protetora dos Orangotangos, na vila de Borneo Apes na Indonésia. Pony foi encontrada com o pelo raspado e cheia de picadas de mosquito, numa casa de saliência. Maltratada, ela estava presa por uma corrente de aço a uma parede e deitada num colchão todo manchado. Segundo o “Jornal de Notícias”, Pony era a preferida dos homens que frequentavam o local, em busca de sexo.

Há um ano, a associação tentava resgatar a fêmea. Considerada a “galinha dos ovos de ouro”, ela tinha segurança forte. Sempre que alguém tentava salvá-la, sofria ameaças com armas.

A associação conseguiu arrecadar dinheiro suficiente para pedir ajuda a 35 policiais e contratar homens armados com fuzil Ak 47, para, enfim, convencerem a “dona” de Pony e os homens da vila a deixarem a orangotango ir embora.

Fonte:Blog Apocalink

.

domingo, 30 de dezembro de 2012

Balanço 2012!!!!!


A Ação Evangélica é caracterizada pelo trabalho. Sempre estamos trabalhando na obra do Senhor. As vezes com inúmeras dificuldades, as vezes com diversas lutas, sob críticas, perseguições e desconfianças, mas sempre seguindo em frente. Cremos que o mar se abrirá e o milagre nos alcançará.

O ano de 2012 foi um exemplo de muito trabalho, lutas e desafios. Todavia, vimos os milagres de Deus acontecerem!!!! As últimas semanas de dezembro, por exemplo, me impactaram. Pude ver centenas de crianças indígenas aceitando e professando a Jesus como Senhor e Salvador de suas vidas!!!!

Este ano tivemos a grata satisfação de termos a presença o pastor Antônio Cirilo conosco em algumas atividades. Foram sete atividades, para ser mais preciso. Em uma delas ele falou como profeta. Ele disse: "12 é governo de Deus", e pude sentir Deus falando, pois 2012 foi ano do governo de Deus na vida da Ação Evangélica. Deus assumiu o comando de nossas atividades.

No início do ano fiz uma oração, um pedido ao Senhor! Deus ouviu minha oração. Foi muito difícil, mas Deus é fiel. Deus nos honrou, Deus tomou a Ação em suas mãos e conduziu nossos passos.

Hoje dia 30 de dezembro posso dizer... Deus é conosco, e se é pelos frutos que conhecemos a árvore, segue ai os nossos frutos em 2012: foram 02 torneios Ação em Ação, implantação de 02 Escolas de Informatica e mais 03 prontas para começar, execução de cursos profissionalizantes, Turnê Com o Ministério Unção Ágape (Campo Grande, Aquidauana, Nioaque, Anastácio, Miranda e São Gabriel do Oeste), 12° MS Com Cristo com pastor Antônio Cirilo (Aquidauana, Rio Verde, Corumbá, Sidrolândia), Parabenção em Aquidauana, com o pastor Antônio Cirilo, Marcha Pra Jesus - Campo Grande (pastor Antônio Cirilo e Mariana Valadão - Parceria com a AEVB) e Marcha Pra Jesus - Corumbá (Com Livres Para Adorar - Parceria com COREME e prefeitura), Casamento Comunitários, Pantanal Gospel Festival de Ladário (Jamily e 4 Por 1 - Parceria com o Conselho de Pastores de Ladário e Prefeitura), Celebração de Novos Convênios e Parcerias, Cine Fé, Eventos nas Aldeias, 12° Natal Com Cristo, Natal Sem Acidentes de Trânsito (Campo Grande, Corumbá, Aquidauana (distrito e aldeias), Miranda (entrega de brinquedos) e Antônio João (caminhada pela paz no trânsito). 

Nem tudo o que fizemos foi mencionados aqui, muitas outras atividades. Sei que Deus é conosco, sei que a Ação Evangélica é um projeto de Deus, por isso 2013 será o melhor de Deus!!!!!

Portanto, Tenha um 2013 debaixo do governo de Deus e produza muitos frutos. Feliz 2013 em nome de Jesus!!!!!

Carlinhos Cachoeira se casa em cerimônia evangélica


Nesta sexta-feira (28) o bicheiro Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, 49, se casou com Andressa Alves Mendonça, 30, em uma cerimônia evangélica realizada na residência do casal, em Goiânia.

A celebração foi feita por um pastor da Igreja Evangélica Videira, de acordo com o IG, Cachoeira se converteu depois de ter ficado nove meses preso sob a acusação de comandar esquema de jogos ilegais e corrupção de agentes públicos.

A prisão do contraventor aconteceu em 29 de fevereiro depois que ele foi condenado em primeira instância a 39 anos de prisão. Em 21 de novembro ele foi solto e deve continuar em liberdade enquanto recorre à decisão da justiça.

O casamento de Cachoeira e Andressa foi marcado depois que o bicheiro saiu da prisão pela segunda vez, já que em 7 de dezembro ele voltou a ser preso ficando encarcerado por mais quatro dias.

Por conta da sua condenação o casal não poderá viajar em lua de mel, pois qualquer viagem que ele precisar fazer terá que ter autorização do Poder Judiciário.

Fonte: Site Gospel Prime

Sarah Sheeva pede “um príncipe” para 2013 e afirma que quem beija na boca antes de casar “não conhece o caráter”


A pastora Sarah Sheeva, filha de Baby do Brasil, anunciou através de seuFacebook que espera encontrar um marido em 2013.

- Será que esse ano (2013) meu príncipe vai me encontrar, hein??? – questionou Sheeva, que fez questão de falar também ao seu futuro sobre sua convicção de só beijar depois do casamento.

- Vou aproveitar pra deixar um recado pra ele agora: Queridão, me encontre logo! Estou te esperando seu lindo! Vamos beijar muito! (Depois que casarmos, é claro!) kkk – afirmou a pastora.

Em outras publicações feitas pela rede social, Sarah Sheeva explicou sobre suas ideias a respeito das relações entre casais, afirmando que uma falsa doutrina da graça que tem se espalhado pelas igrejas.

- Quem beija na boca DURANTE o namoro (principalmente nos primeiros 6 meses) NÃO CONSEGUE CONHECER O CARÁTER (ANTES). só vai conhecer o caráter DEPOIS que casar! Se esse é o teu caso: TE DESEJO SORTE! (Acredite, você VAI PRECISAR!) (sic) – escreveu Sarah.

Ela defendeu ainda que por se beijarem durante o casamento, muitos casais acabam por não se conhecer verdadeiramente pois, segundo ela, se conhecem apenas “nos beiços” e não nos caráter. De acordo com a pastora esse tipo de relacionamento é o motivo para tantos divórcios.

- Não cometa o erro de se casar com a “pessoa errada”. Muitos cometeram o erro de ter se casado com quem não conheciam… conheciam os beiços, conheciam a língua… mas não conheciam o caráter! – defende.

Fonte: Site Gnotícias

sábado, 29 de dezembro de 2012

Aitolá iraquiano afirma que futuro de cristãos no país é conversão ao islamismo ou a morte


O Iraque é um país de maioria islâmica e atualmente, é formado por uma sociedade bastante conturbada, que vive em conflitos de natureza étnica.

Durante uma entrevista a um programa de TV, um dos líderes religiosos do país, o aiatolá Ahmad Al Baghdadi Al Hassani afirmou que a minoria cristã terá duas alternativas, se continuar no país: “converter-se ao islamismo, ou morrer”.

A polêmica declaração veio acompanhada de uma ameaça bastante preconizada entre os radicais islâmicos, que entendem ser legítimo raptar e estuprar esposas e filhas de pessoas de religiões diferentes das suas, de acordo com informações do site The Blaze.

Al Hassani é tido como um dos mais radicais líderes islâmicos pró-Jihad, que é a “guerra santa” e usada como argumento para justificar a violência por parte dos muçulmanos.

Recentemente, uma pesquisa feita pela Universidade de Oxford chegou à conclusão que aproximadamente 200 milhões de cristãos sofram perseguição no mundo, e o pior cenário é visto nos países de maioria muçulmana.

O relatório da pesquisa apontou que, se nada for feito pelas autoridades, o cristianismo pode ser extinto do Oriente Médio, justamente a localização geográfica de seu surgimento.

Fonte: Site Gnotícias

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Igrejas usam tecnologia para divulgar Evangelho e permitem que fiéis contestem lideranças “sem cerimônia e com coragem”, afirma especialista


As tecnologias e redes sociais vem sendo usadas por igrejas como forma de otimizar seu relacionamento com os fiéis, e potencializar o alcance da mensagem pregada durante os cultos.

A revista Istoé publicou, na edição dessa semana, uma reportagem sobre o uso da internet pelas igrejas e líderes religiosos.

A reportagem entrevistou o professor de pós-graduação em ciências sociais da Universidade do Vale do Rio dos Sinos, José Rogério Lopes, que entende que a internet possibilitou, através do anonimato, uma confrontação dos fiéis aos líderes, “sem cerimônia, com audácia e coragem”.

Para ilustrar essa mudança comportamental, a revista usou o caso da paulista Amanda Santos, 22 anos, membro da Igreja Renascer.

Amanda assiste aos cultos online todos os dias, e usa os canais online da igreja, como Facebook e SMS, para receber orientação. Entretanto, ressalta que ir pessoalmente aos cultos é importante: “Ir à igreja é necessário porque é lá que você ouve a voz de Deus”.

O professor Airton Jungblut, da pós-graduação em ciências sociais da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS), o uso da web por parte dos fiéis vai além da busca por orientação religiosa, e envolve, a troca de idéias, informações e sentido à crença, além da socialização. 

Fonte: Site gnotícias.

Pastor Yousef Nadarkhani preso novamente por autoridades iranianas, durante o Natal



O pastor iraniano Yousef Nadarkhani teria sido preso novamente, segundo informações de diversos sites internacionais, como Fox News e Christian Solidarity WorldWide(CSW).

Nadarkhani ficou mundialmente conhecido após ser preso sob acusação de apostasia. O processo contra o pastor previa a possibilidade de condenação à morte.

O pastor iraniano, após intervenção de diversos órgãos internacionais, além de lideranças políticas, foi absolvido da acusação de apostasia do islamismo, e acabou condenado a três anos de prisão por evangelizar muçulmanos. Como já estava preso a aproximadamente três anos, acabou sendo liberado em setembro, após pagamento de fiança.

Agora, Nadarkhani voltou a ser preso, sob ordem do diretor da cadeia onde cumpriu a pena. O argumento do responsável pelo presídio de Lakan é que o pastor foi solto alguns dias antes do prazo correto, devido à pressão exercida por seu advogado, Mohammed Ali Dadkhah.

A nova prisão aconteceu ontem, 25/12, no dia de Natal, e seria supostamente apenas para completar o período restante da pena, além de resolver trâmites burocráticos.

Após sua soltura, Nadarkhni participou de uma conferência da CSW, em Londres, onde testemunhou sobre seu tempo na prisão e agradeceu pelas orações em seu favor.

Um dos diretores da CSW, Mervyn Thomas, lamentou que o pastor tenha sido preso novamente: “Estamos decepcionados ao ouvir que o pastor Nadarkhani foi devolvido à prisão de uma maneira tão irregular. O momento é insensível e especialmente triste para sua esposa e filhos, que devem ter estado ansiosos para celebrar o Natal com ele, pela primeira vez em três anos. Esperamos que pastor Nadarkhani seja liberado sem demora, uma vez esta fase alegada foi totalmente cumprida. Nós também estamos pedindo orações para a segurança do pastor, e para sua família neste momento difícil”.

Fonte: Site gnoticias

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

“Temos removido Deus das escolas” afirma ex-governador do Arkansas, sobre massacre na escola primária Sandy Hook


O massacre ocorrido na escola primária Sandy Hook, na pequena cidade de Newtown, Connecticut, reacendeu os debates entre personalidades e políticos norte americanos acerca do controle de armas. Porém, o ex-governador do estado do Arkansas comentou o episódio afirmando que um controle mais rígido sobre os armamentos não irá impedir novas tragédias desse tipo, e que novos tiroteios em escola não serão impedidos “a menos que se possa mudar o coração das pessoas”.

Huckabee argumentou, na Fox News, que tragédias como a do tiroteio em Sandy Hook serão evitadas apenas voltando-se para Deus, não aumentando o controle de armas.

De acordo com o Daily Mail, ele disse ainda que as autoridades têm “removido Deus das escolas”, criando ambientes que seriam propícios para esse tipo de violência.

- Perguntamos por que há violência em nossas escolas, mas nós temos sistematicamente removido Deus de nossas escolas. Deveríamos estar tão surpresos que as escolas tornaram-se um lugar para a carnificina, se nós fizemos um lugar onde não se fala sobre a eternidade, a vida, responsabilidade, prestação de contas? – questionou Huckabee.

Ex-candidato presidencial do Partido Republicano, Huckabee já expressou esta linha de raciocínio após outros massacres que aconteceram no país. Quando do tiroteio em um cinema em Aurora, Colorado, em julho, quando James Holmes matou 12 pessoas, Huckabee afirmou que tais episódios de violência foram em função de uma nação sofrendo com a remoção da religião da esfera pública.

- Nós não temos um problema de crime, um problema com armas ou até mesmo um problema de violência. O que temos é um problema de pecado – disse o ex-governador na Fox News.

Fonte: site GNoticias

Aiatolá defende que todas as mulheres cristãs podem ser estupradas


Ahmad Al Baghdadi Al Hassani é um grande aiatolá do ramo muçulmano xiita nascido no Iraque. Ele tem um histórico de confrontos com outros aiatolás importantes e atualmente está ligado a uma facção síria.

Recentemente um vídeo onde Al Hassani declara que os cristãos são politeístas e amigos dos sionistas, causou revolta das comunidades cristãs no Oriente Médio.

Durante uma entrevista ao Al Baghdadia, um canal de TVegípcio, Al Hassanim, conhecido defensor da jihad [guerra santa], assegurou que os cristãos do país precisam escolher “o Islã ou a morte”. Ao mesmo tempo, disse que suas mulheres e filhas podiam ser consideradas legitimamente como “esposas de muçulmanos”.

Essa é uma maneira indireta de dizer que toda a mulher cristã pode ser capturada e estuprada, mesmo que já seja casada, pois para os extremistas do Islã, as mulheres mantidas em cativeiro podem ser estupradas por seus captores.

O Al Baghdadi é um dos veículos de mídia mais radicais da jihad islâmica. Durante sua fala, Al Hassanim deixou claro que é uma questão de tempo até que a minoria cristã no Iraque seja convertida ou exterminada. Na véspera do Natal deste ano ele emitiu uma fatwa [ordem sagrada] contra os cristãos do país justamente quando a catedral de Bagdá foi reaberta ao público. Com informações de Front Page Magazine.

terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Igrejas brasileiras tem desistido do Evangelho social em favor da teologia do bem-estar, afirma reverendo


A necessidade de maior ação das igrejas na busca por diminuição da pobreza extrema e redução das diferenças sociais foi tema de um artigo do reverendo da Igreja da Inglaterra, Giles Fraser.

O articulista do conceituado jornal britânico The Guardian, afirmou que em uma viagem sua ao Brasil, conheceu o campo de atuação do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e a ausência das igrejas como mentora ideológica de movimentos sociais como esse.

Para Fraser, nos anos 1970, “a teologia se tornou uma ferramenta para dar aos mais pobres, um ponto de encontro para a resistência à opressão política, não menos, na área da reforma agrária”.

O reverendo menciona a teologia da libertação, empregada tempos atrás por alguns teólogos e bispos católicos, como exemplo de iniciativa que se faz necessária na luta pela redução da desigualdade. No ambiente protestante, uma iniciativa semelhante, sem o viés político aplicado na teologia da libertação, é a missão integral.

Em seu relato, Fraser afirma que viajou ao interior do país e levou “mais de uma hora” para cruzar uma única fazenda: “É milha após milha de monocultura vedada, com a terra sendo trabalhada por máquinas enormes que parecem Transformers. Este é, em parte, o caminho que levou o Brasil a quinta maior economia do mundo. Mas, situado entre os campos de fazendas do agronegócio poderosos se encontra um Brasil completamente diferente”, afirma.

Num país que igrejas compram fazendas, Fraser menciona ainda que a ausência da ação social, apesar de “algumas exceções heroicas”, as denominações “tradicionais têm desistido da luta do evangelho social em favor de uma teologia de bem-estar que traz apostadores”.

Segundo ele, é preciso lembrar aos líderes cristãos do Brasil a mensagem de Jesus: “Eu vim para trazer uma boa notícia para os pobres e liberdade para o cativo”.

Confira a íntegra do artigo, em inglês, do reverendo Giles Fraser, neste link.

Pesquisa: cristãos são os mais perseguidos do mundo; “Cristofobia” pode resultar na extinção da religião no Oriente Médio


O cristianismo estaria perto da extinção no Oriente Médio, devido às perseguições contra os grupos de fiéis nos países dessa região. A afirmação faz parte do relatório de um estudo, divulgado pela Universidade de Oxford.

Segundo o estudo, conduzido pelo jornalista e professor universitário Rupert Shortt, a maior ameaça aos cristãos em países do Oriente Médio vem justamente dos militantes muçulmanos, e que muitas vezes, a mídia não faz a cobertura do assunto por temer ser taxada de racista.

O estudo concluiu ainda que “os cristãos forma o grupo religioso mais perseguido de todo o mundo”, segundo informações do Telegraph. Shortt explica que aproximadamente 200 milhões de cristãos em todo o mundo sofrem com “perseguição, opressão ou prejuízo social devido à sua fé”.

O jornalista menciona ainda que muitos políticos fazem vista grossa para a questão: “Expor e combater o problema, na minha opinião, deveria ser prioridade política em muitos lugares do mundo. Como este não é o caso, a situação nos diz muito sobre uma hierarquia questionável”, afirmou, referindo-se às lideranças políticas nos países onde acontecem perseguições aos cristãos.

Rupert Shortt cita ainda que “a liberdade religiosa é o canal na fonte dos direitos humanos em geral” e que, a “cristofobia”, termo que intitula seu relatório, é o resultado do medo que os governos orientais tem em relação à religião cristã. Shortt afirma que muitos governantes vêem o cristianismo como uma ameaça a seus governos.

A recente divulgação de um documento do governo chinês, que classifica o cristianismo como uma “doença”, reforça a tese do jornalista.

Shortt ressalta que tem medo que o cristianismo seja extinto justamente na região geográfica de sua origem: “Existe agora um sério risco de que o cristianismo vá desaparecer de seus redutos bíblicos”, pontua, lembrando que na maioria dos incidentes envolvendo a religião, “os responsáveis ​​declararam que queriam que todos os cristãos fossem expulsos de seu país”.

Gnotícias

sábado, 22 de dezembro de 2012

Política é arma de Satanás para dividir a igreja


Após o final da campanha eleitoral, Jennifer LeClaire, editora de notícias da Charisma, maior revista evangélica pentecostal dos EUA, levantou a questão de como a política dividiu a igreja. Enquanto uma parcela dos evangélicos fez campanha e votou em Obama, alegando que ele era cristão e seu opositor era mórmon; outra parte das igrejas apoiou Romney, que de fato é mórmon, e acusava Obama de ser muçulmano.

Alguns dos fatores mais polêmicos da campanha americana também geraram debates acalorados aqui no Brasil e em outros países que tiveram eleições recentemente: aborto e casamento gay.

LeClaire usa um argumento facilmente compreensível: “até que ponto as questões políticas são uma estratégia de Satanás para dividir a igreja?”. Ela lembra que membros se indispõem com pastores quando estes pregam contra ‘seus’ candidatos. Outros cobram os pastores por se omitirem e não falar sobre questões polícias, pois sabem o quando essas decisões podem afetar a história de uma nação.

Para muitos líderes, e LeClaire ressalta isso, “dividir a igreja é claramente um dos objetivos do inimigo”. Embora muitos possam argumentar que a igreja já está dividida, vide o crescente número de denominações e ministérios que são iniciados a cada ano, trata-se de algo mais profundo.

O que acaba sendo colocado em cheque é a capacidade de o corpo de Cristo ouvir a voz do Senhor. E mais, a linha entre o “certo” e o “errado” se afina e confunde os cristãos.

Quando um pastor ou líder afirma que votar nesse ou naquele candidato é vontade Deus e, ao mesmo tempo, outro pastor ou líder diz que Deus deseja que outro candidato vença, tem-se um grande dilema ético. Ou o Senhor tem duas palavras ou um dos líderes está usando o nome de Deus em vão. Há quem diga que os dois estão e que Deus não apóia ninguém na política, nem no futebol, que fique claro!

Após a derrota a amargura toma conta de alguns e as críticas são ainda mais incisivas, associando ao que apoiaram o vencedor com servos de Satanás e inimigos de Deus.

O fato é que existe uma lista de versículos bíblicos que poderiam ser citados, começando por
Marcos 3:24: 25 “Se um reino estiver dividido contra si mesmo, tal reino não pode subsistir; se uma casa estiver dividida contra si mesma, tal casa não poderá subsistir”. O alerta feito por Jesus continua válido. Tudo aquilo que traz divisão para os irmãos que vivem na mesma casa, deveria ser evitado.

A editora da Charisma desabafa: “Foi durante as campanhas eleitorais que vi os cristãos ofenderem uns aos outros usando os piores adjetivos possíveis… Eu estou tão triste. Este não é o espírito de Cristo. O inimigo encontrou uma porta aberta na igreja e, com sucesso, plantou sementes da discórdia que estão gerando uma grande safra de ódio. Ele enviou mísseis de calúnias que alguns não conseguirão perdoar ou esquecer tão cedo. Eu diria que é fogo amigo, mas não é algo amigável… cristãos não devem brigar com outros cristãos sobre diferenças políticas nem qualquer outra coisa assim”.

Ela também exorta as igrejas para que se esforcem para manter a unidade do Espírito, no vínculo da paz (Ef 4:3) e que não deveria haver divisões no povo de Deus, pois todos deveriam ter a mesma disposição mental e o mesmo parecer (1 Co 1:10).

Agora que o período eleitoral acabou, nos EUA e no Brasil, talvez seja um bom momento para que as igrejas façam uma avaliação. O argumento de LeClarie surge em meio a muitas acusações pós-campanha. Alguns pastores renomados e com ministérios influentes apoiaram candidatos que não venceram e isso lhes gerou muitas críticas e, claro, tentativas de desabonar seus ministérios por causa disso. Dois bons exemplos disso seriam Silas Malafaia e Billy Graham. Embora eles tenham embasado suas decisões em convicções pessoais, só o tempo dirá se e como as urnas os afetarão.

Por fim, é bom lembrar de duas passagens bíblicas que mostram que Deus não deixa de ter o controle, mas muitas vezes apenas respeita as escolhas do povo e deixa que eles arquem com as conseqüências. A primeira é Romanos 13:1 “não há autoridade que não venha de Deus; as autoridades que existem foram por ele estabelecidas”. A outra é 1 Samuel 8:18 “Naquele dia, vocês [re]clamarão por causa do rei que vocês mesmos escolheram, e o Senhor não os ouvirá”.

Natal Com Cristo Agrega Parceiros e Amplia Abrangência


Há doze anos a Ação Evangélica realiza o Natal Com Cristo e todos os anos cumpre um papel muito significativo, de promover o natal do nascimento de Jesus (o salvador). Todavia, a cada ano o evento ganha mais consistência e novos parceiros. 

Num segundo momento começamos as distribuições de brinquedos, após a parceria com o empresário paulista Mario Perestrelo. As crianças sempre querem receber alguma coisa, um presentinho, o que fosse. Usamos os brinquedos de forma didática, representando o nascimento do salvador, como o maior presente que a humanidade pode receber.

Atualmente, estamos nos aperfeiçoando e aumentando nossa abrangência, pois o Natal Com Cristo deste ano foi mais além. Paralelo as atividades normais do evento, acontecia a campanha em prol de um trânsito seguro. 

Muitas pessoas, líderes religiosos, civis e militares aderiram a campanha. Em Corumbá por exemplo, aconteceu uma caminhada pela paz no trânsito. Em Aquidauana, houve um grande envolvimento da sociedade organizada, a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros estiveram presentes no evento. No caso da polícia, sedento contingente para o auxílio nas programações, em especial o Sd. PM Geosmar, um representante da Câmara Municipal, Pastores, líderes comunitários, empresários, Detran-MS, Detran local, etc.

Milhares de pessoas se fizeram presente e sobretudo as crianças puderam participar da atividade e aprender noções de trânsito seguro. Foi muito salutar a participação da estrutura do detranzinho em Aquidauana e Campo Grande. Foram distribuídos gibis educativos às crianças e elas andaram de minicarros (buggy) com os instrutores do Detran.

O balanço geral, para o pastor Abraão Izumi e para diretora de Habilitação e Educação para o Trânsito do Detran Bethe Fêlix , "foi extremamente positivo.  Estamos nos preparando para novas ações, como esta no estado", afirmaram.

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

37% das pessoas acreditam que Papai Noel visitou o menino Jesus



A Sociedade Bíblica Britânica encomendou uma pesquisa sobre o Natal. Mais de 2.000 pessoas, incluindo adultos e crianças, foram entrevistadas sobre seu conhecimento do tema.

Surpreendentemente, em um país de maioria cristã, há um grande abismo entre o que as pessoas crêem e o que a Bíblia diz sobre o nascimento de Jesus.

Dois por cento dos entrevistados disseram que Maria e José descobriram que ela estava grávida durante o “primeiro encontro” do casal. Pouco mais de 37% afirmaram que o Papai Noel foi a primeira pessoa a visitar o menino Jesus. Apenas 46% afirmaram que foram os pastores, como informa o relato bíblico.

A maioria acredita que a criança foi colocada em uma cesta, como Moisés, não no local usado para alimentar os animais (uma manjedoura).

Segundo a empresa ICM, que conduziu a pesquisa, apenas 26% sabia que Maria e José estavam noivos quando o anjo anunciou que ela seria a mãe de Cristo. Um teste de múltipla escolha foi apresentado aos entrevistados na tentativa de verificar o quanto as pessoas conhecem sobre a história de Natal.

Apesar das escolas de todo o país tradicionalmente apresentarem peças natalinas e milhares de cartões serem enviados com a cena típica do nascimento do menino Jesus, a maioria dos britânicos parece não ter consciência do que realmente estava acontecendo.

Paralelo a isso, chama atenção o fato de o cristianismo ter sofrido uma queda acentuada no país ao longo da década passada.

Até o local do nascimento não está claro para 2%. Embora 98% dos entrevistados identificaram corretamente Belém como local de nascimento de Jesus, os demais afirmaram ter sido em Beirute, capital do Líbano.

Pouco mais de 60% afirmaram que Maria e José eram casados quando ela engravidou, embora a Bíblia afirme que eles eram noivos. Oitenta e três por cento identificaram o anjo Gabriel como aquele que anunciou a Maria que ela esperava um filho. E apenas 32% sabia dizer o que significava a palavra “Emanuel”, um dos títulos de Jesus.

Ann Holt, uma das diretoras da Sociedade Bíblica, disse: “O percentual de conhecimento sobre a história do Natal ainda é alto. Isso mostra o poder dessa história. Esta pesquisa mostra que, ao ignorar que Maria e José não eram casados, perde-se a noção do escândalo que havia na época.” Com informações Telegraph e Bible Society.

Natal Sem Cristo!!!!!

Nove pessoas, entre elas um pregador, foram presas em Shenzhen, na China, por estarem ensinando sobre o verdadeiro significado do Natal em parque da cidade.

Cao Nandi e outros oito cristãos, sendo sete deles mulheres, estavam pregando sobre o nascimento de Jesus quando foram abordados por cerca de 40 policiais e foram levados a uma delegacia.

Entre os cristãos havia membros do Centro Guanai e da Igreja Meilin. Apenas Cao é membro da Associação Jovens da Paz.

A esposa de Cao só foi avisada sobre a prisão oito horas após o ocorrido e segundo o Portas Abertas não pode vê-lo. Ela explica que seu esposo ama o Senhor de uma forma tão apaixonada que queria falar para todo mundo sobre a graça salvadora de Jesus.

O pregador estava ciente que poderia ser odiado por muitos ao escolher ser pregador do evangelho, mas estava disposto a cumprir seu chamado, tanto que ele aceitou de bom grado a punição injusta que recebeu.

De acordo com a agência de notícias ChinaAid todos os detidos já foram soltos.

A China é um dos países que mais persegue cristãos em todo o mundo e nessa época de Natal a perseguição do governo aumenta tentando impedir a evangelização. Por este motivo é que o Portas Abertas, ministério que presta serviço para cristãos em países perseguidos, pede que nossas orações sejam intensificadas em favor dos nossos irmãos em Cristo que servem a Deus nesses países.

7º BPM participa de campanha educativa pela paz no trânsito: “Natal Com Cristo - Natal sem acidentes de trânsito”.


Aquidauana (MS) - O setor de trânsito do 7º Batalhão de Polícia Militar de Aquidauana participou de uma campanha pela paz no trânsito na cidade de Aquidauana. Uma grande parceria com a Ação Evangélica viabilizou a campanha. O idealizador promoveu um show evangélico na avenida Pantaneta e ao mesmo tempo, por meio de distribuição de gibis educativos de trânsito e diversas orientações promoveram também a campanha pela paz no trânsito. O Detranzinho, que é a cidade escola de trânsito do Detran de MS, trouxe para o evento os minicarros, ensinando às crianças a prática da direção segura. 

O soldado Geosmar Aparecido Gonçalves, policial militar do 7º BPM, que desenvolve projetos de educação para o trânsito, participou do evento distribuindo o material educativo da campanha, fazendo diversas orientações às pessoas e principalmente aos futuros condutores de veículos automotores: as crianças.

Na mesma oportunidade houve também a doação de brinquedos, pula-pula, sorteios de camisetas da campanha e o show gospel com a banda 4 por 1.

Os organizadores do evento estimam que, além de todo o público presente, mais de 200 crianças participaram da campanha e receberam as orientações sobre o trânsito.


Assessoria de Comunicação Social do 7º BPM

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Record esconde sexo entre duas mulheres no programa Fazenda de Verão


A Rede Record tem recebido uma série de reclamações por estar escondendo uma relação homossexual que tem acontecido entre duas participantes do programa Fazenda de Verão.

Telespectadores do canal 24 horas estão reclamando nas redes sociais que a edição do programa não mostrou as cenas quentes protagonizadas por Angelis e Manuella em baixo do edredom na última semana e também não tem comentado as conversas entre as duas.

No site do reality há apenas um vídeo onde as duas aparecem deitadas na cama conversando sobre a relação. Neste vídeo Angelis diz estar com medo da reação de sua família, enquanto Manoella garante que todos entenderão que foi um caso de carência.

Os internautas acreditam que a emissora não está dando abertura para o primeiro caso homossexual do programa, que já teve outras cinco edições, por pressões do dono Edir Macedo, líder da Igreja Universal do Reino de Deus, e também por pressão dos outros bispos que atuam na direção da Record.

Entre os evangélicos da cúpula da emissora o reality não é bem visto e já chegou a ser “boicotado” a pedido do bispo Romualdo Panceiro. Nesta edição especial com participantes anônimos, os religiosos da emissora já interferiram com a expulsão de um modelo que teria ficado nu no programa.

Depois de tanta reclamação a emissora enviou uma nota dizendo que não omitiu o beijo entre as participantes e dizendo que os telespectadores estão fazendo especulações por ver que as duas estão sempre juntas. O beijo em questão teria rolado durante uma das festas feitas para os confinados e chegou a ser comentado por outros participantes que acreditam que esta seja uma estratégia para chamar atenção do público.

Professora evangélica deu a vida para salvar 17 crianças


Victoria Soto era professora na escola Sandy Hook, em Newtown, onde ocorreu o massacre na última semana. Ela salvou a vida de 17 crianças no dia em que Adam Lanza invadiu o local e deixou um saldo de 27 mortos.

A professora de 27 anos reagiu rapidamente quando ouviu tiros perto da sala de aula em que lecionava. Ela disse para seus 17 alunos que aquele barulho era parte de um jogo e para ganhar eles deviam se esconder nos armários da sala de aula e permanecer em silêncio. Todos obedeceram.

De acordo com vários meios de comunicação locais, quando Lanza entrou na sala de aula, Victoria disse que as crianças estavam na aula de educação física no ginásio da escola. Porém, sua explicação não convenceu o assassino. Ele abriu fogo contra um dos armários e ela se jogou em frente às balas para proteger as crianças. Isso lhe custou a vida.

O primo de Victoria, Jim Wiltsie, disse que a professora morreu fazendo o que amava. “Ela amava aquelas crianças. Seu objetivo na vida era ser uma professora para formar jovens”, explica.

Uma de seus amigas, Andrea Crowell, disse que a professora “colocou seus filhos em primeiro lugar. Sempre conversávamos sobre isso. Ela queria fazer o melhor para eles, ensinar-lhes algo novo a cada dia.”

Victoria nasceu em Porto Rico e estudou em Connecticut. Estava fazendo um mestrado em educação especial na Southern Connecticut State University. Ela trabalhou por cinco anos na escola Sandy Hook.

“Eles tinham uma professora que estava mais preocupada com seus alunos do que consigo mesma. Sua atitude mostra seu caráter, empenho e dedicação”, afirmou o prefeito John Stratford Harkins, durante um culto memorial realizado onde estavam presentes cerca de 300 pessoas.

Victoria Soto vivia com seus pais e irmãs. A família frequenta a Igreja Lordship Community Church, na cidade de Stratford. Com informações de CBN.

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

12° Natal Com Cristo Vai Deixar Saudades...


Aconteceu e vai deixar saudades. Como todos os anos a Ação Evangélica preparou uma grande festa para celebrar o natal. Mas, um natal com Cristo. Queremos celebrar um natal com enfase no nascimento do salvador. Não aquele das lojas, do consumo, do papai noel etc. Mas o natal que propicia a salvação e oportuniza um novo começo, para aqueles que creem.

A décima segunda edição do Natal Com Cristo, aconteceu primeiramente na cidade de Corumbá sob a Coordenação do jovem Manoel Rodrigues e contou com amplo apoio das igrejas de Corumbá e Ladário. Além do show gospel com a banda carioca 4 Por 1, aconteceu também uma passeata pela paz no trânsito, haja vista, que o tema deste ano foi: "natal sem acidentes de trânsito".

O segundo dia de programação aconteceu na cidade de Aquidauana, onde o projeto nasceu, em 2001. O evento foi marcado por muita alegria, garoa e unção de Deus. Os presentes contaram com a participação do detranzinho, que com sua estrutura contemplou nossas crianças com aulas de trânsito e um delicioso passeio de mini-bug. Pastores oraram pela cidade, famílias, autoridades e aconteceu ali a entrega de centenas de brinquedos, as crianças participantes.

O terceiro e último dia de evento, aconteceu na cidade de Campo Grande. Um clima de celebração tomou conta dos participantes que pularam e dançaram diante do Rei dos Reis. A capital morena também foi contemplada com a estrutura do detranzinho, sendo centenas de crianças beneficiadas com a parceria.

"Estou muito feliz com os resultados obtidos com mais uma edição do Natal Com Cristo". Afirmou o pastor Edson Dantas - Presidente da Ação MS.

O pastor Abraão Izumi - Presidente da Ação do Brasil: "disse estar muito feliz também, e que apesar das dificuldades deste ano, quer ampliar o raio de ação da Ação Evangélica. Este projeto tem que crescer e multiplicar". Afirmou.

Agradecemos a todos que nos ajudaram. Queremos agradecer em especial a Deus, por sua bondade e fidelidade, ao prefeito Nelsinho Trad e toda a sua equipe, em especial o Dr. Rodrigo Aquino e a Fafá. Agradecemos também  a equipe do Detran, nas pessoas do seu Diretor Geral Carlos Henrique e a Diretora de Habilitação e Educação para o Trânsito Bethe Fêlix, aos demais patrocinadores na pessoa do empresário Mario Perestrelo e toda nossa equipe de trabalho nas três cidades.

Portanto, como todas as atividades da Ação, não param por aqui, nossos irmãos, amigos e parceiros, podem esperar mais, muito mais para 2013. 

Governo britânico defende casamento gay em igrejas

Os templos religiosos (igrejas, mesquitas, sinagogas) farão casamentos homossexuais, caso seja aprovada a nova sobre legislação do casamento gay preparada pelo governo britânico. Ela será votada esta semana e pode ter um forte reflexo na Europa.

O primeiro-ministro David Cameron apóia a proposta, o que pode levar a confrontos com os parlamentares mais conservadores e representantes da Igreja Anglicana e Católica, informou na sexta-feira o jornal britânico The Guardian.

Cameron declarou seu apoio ao que é conhecido como “cláusula permissiva”, que permite os casamentos gays em lugares de culto, mas não obriga as organizações religiosas a celebrá-los.

“Eu sou um grande defensor do casamento e não quero que os homossexuais sejam excluídos deste grande instituição. Mas vou ser claro, nenhuma igreja ou sinagoga ou mesquita que não queira celebrar um casamento gay será forçado a fazê-lo”, disse Cameron, assegurando que esta questão está muito clara na legislação.”A votação dos membros do Parlamento será livre, mas eu, pessoalmente, vai apoiá-la”, acrescentou o primeiro-ministro.

O vice-primeiro-ministro e líder do partido liberal democrata, Nick Clegg, também apoiou a legislação e observou que “é hora de permitir que qualquer casal, não importa como seja formado, possa casar se assim desejar”.

Organizações de defesa dos direitos dos homossexuais, como Out4Marriage, também saudou a iniciativa que vai deixar as igrejas “livres para decidir se querem permitir que casais gays se casem ou não”. No Reino Unido, a estreita ligação do Estado com a religião sempre foi motivo para críticas.

No entanto, outros ainda vêem algumas falhas na proposta, como o ativista Peter Tatchell, que lamentou que a lei não contemplar a união civil entre casais heterossexuais.

Apesar da rejeição a esta lei por parte da Igreja Anglicana e da Católica, outros grupos religiosos do Reino Unido, como os judeus liberais, os unitarianos e os quakers receberam com satisfação o anúncio. Mesmo assim, alguns membros do Partido Conservador e defensores do casamento “tradicional”, criticaram a legislação. O deputado Stewart Jackson, chamou o primeiro-ministro de “arrogante” por incluir essa cláusula na sua proposta.

Colin Hart, diretor da campanha “Coalizão para o Casamento”, disse que a decisão de abrir a porta dos templos aos casamentos gays é uma “proposta profundamente antidemocrática visando reescrever o significado tradicional de casamento” e a classificou como “decepcionante”. Traduzido de Protestante Digital.

domingo, 16 de dezembro de 2012

Ateus podem ser condenados a morte em 7 países


Ateus e outros céticos religiosos sofrem perseguição ou discriminação em muitas partes do mundo. Em pelo menos sete países eles podem ser executados se suas crenças se tornarem conhecidas, explica um relatório divulgado nesta segunda-feira.

O estudo realizado pela União Internacional Humanista e Ética (IHEU), mostra que “os infiéis” que vivem em países islâmicos enfrentam o tratamento mais brutal nas mãos do Estado. Aponta ainda para as políticas de alguns países europeus e dos Estados Unidos, que favorecem os religiosos e suas organizações, além de tratar ateus e humanistas como párias.

O relatório intitulado “Liberdade de Pensamento 2012″, afirma que “há leis que negam o direito dos ateus de existir, restringem sua liberdade de [não] crença e de expressão, revogam o seu direito à cidadania e restringem até seu direito de se casar”.

Outras leis “obstruem o acesso à educação pública, proíbe-os de exercer cargos públicos, impede-os de trabalhar para o Estado, criminaliza sua crítica da religião, e pode fazer com que sejam executados por abandonar a religião oficial de seu país”.

O relatório foi entregue a Heiner Bielefeldt, relator especial das Nações Unidas sobre a liberdade de religião ou crença. Ele afirmou que ainda há pouco reconhecimento de que os ateus também estão protegidos pelos acordos globais de direitos humanos.

A IHEU reúne mais de 120 organizações seculares, humanistas e ateístas, em mais de 40 países. A divulgação de seu relatório visa marcar o Dia dos Direitos Humanos da ONU, lembrado nesta segunda-feira.

Segundo o levantamento, que pesquisou cerca de 60 países, os sete onde é prevista a pena capital são: Afeganistão, Irã, Ilhas Maldivas, Mauritânia, Paquistão, Arábia Saudita e Sudão. O relatório de 70 páginas enumera diferentes casos recentes de execução por causa do “ateísmo”, mas os pesquisadores dizem que o “crime” é muitas vezes mascarado com outras acusações.

Outros países, como Bangladesh, Egito, Indonésia, Kuait e Jordânia, têm leis onde ser ateu ou ter-se uma visão humanista sobre religião é totalmente proibido e recaem nas leis que proíbem a “blasfêmia”. Em muitos desses países, e em outros como a Malásia, os cidadãos têm de se registrar como não seguidores da religião oficial, perdendo vários benefícios.

A IHEU afirma ainda que na Grécia e na Rússia, a Igreja Ortodoxa é ferozmente protegida pelo Estado, enquanto na Grã-Bretanha os bispos da Igreja da Inglaterra têm assentos garantidos no Parlamento.Traduzido de Chicaco Tribune.

Três versões da “arca de Noé” são feitas na China para esperar “fim do mundo”


O chinês Lu Zhenhai, morador da região autônoma de Xinjiang Uyghur, é um dos muitos habitantes do planeta que acredita no “fim do mundo” dentro de poucos dias. Com medo que sua casa acabasse tragada pelo mar, decidiu construir uma embarcação apelidada de “arca de Noé”.

Segundo o Huffington Post, ele investiu todo o dinheiro que possuía, cerca de 1 milhão de iuans (300 mil reais) na embarcação que possui cerca de 80 toneladas. “Tenho medo que o fim do mundo ocorra em 2012. As enchentes vão destruir minha casa. Por isso, investi todas minhas economias nessa construção. Quando chegar a hora certa, muitos poderão se refugiar”, explica Zhenhai. O barco mede 21 metros de comprimento, 15 de largura e 5 metros e meio de altura.

Mas Zhenhai não está sozinho. O também chinês Yang Zongfu, morador da província de Zhejiang, também criou sua embarcação para o apocalipse, batizada de “arca de Noé da China”. Trata-se de uma espécie de contêiner redondo, que pesa 6 toneladas e é capaz de resistir a calor, água e diferentes tipos de impacto.

Ele gastou cerca de 1,5 milhão de iuans (quase 500 mil reais). Também afirma que já fez uma série de testes e afirma que pode levar com segurança três pessoas e alimentos suficientes para um período de 10 meses.

A criação do agricultor chinês Liu Qiyan também é uma cápsula redonda. Ela foi criada para resistir a terremotos, tsunamis e outros fenômenos naturais. Trata-se de um esqueleto de aço recoberta por uma “casca” de fibra de vidro. A esfera pode abrigar até 14 pessoas e possui tanques de oxigênio e lugares com cinto de segurança.

Liu desenvolveu o invento no quintal de sua casa, depois de, segundo ele, pensar sobre o tsunami na Ásia de 2004 e em filmes como ’2012′.

Afirma que já construiu sete dessas cápsulas e espera vender a ideia para governo e organizações internacionais. Com informações de G1, Daily Mail e Global Times.